Mocinha que Acorda

Toda mocinha que já acreditou que precisa de casinha, vestido branco e bolo assado na cozinha venho dar o meu recado. Nunca é tarde para sacar da vida o verdadeiro significado: deves ter em ti teu mais forte aliado. Teus livros, teus amigos, tuas vontades, teus pecados. Deves esperar o amor, curtindo o sol, deitada na relva. Sem jamais esquecer: é a leoa quem caça sozinha na selva.

Escrito por FABIANA KELBERT

http://www.fabianakelbert.blogspot.com/

 

Anúncios

2 Comentários

  1. 7 07UTC dezembro 07UTC 2010 às 12:52

    Uau! Que legal, encontrar um poema meu por acaso! Valeu. Abraço, FK.

    • karinebre said,

      7 07UTC dezembro 07UTC 2010 às 17:08

      Oi Fabiana!!
      Achei lindo o teu poema!!
      Um beijo e volte sempre!
      Karine


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: