Veja o que acontece quando reduzimos o consumo de alimentos de origem animal!

Sites Fantásticos de Comida Vegetariana ( também pratos para Natal e Ano Novo)

20121211-051954-pm

Agora não tem mais desculpa!
Ano Novo vida nova!!
Portanto que tal aceitar o desafio de comer pratos vegetarianos apenas por uma semana?
E nada melhor do que começar desde já!

Os animais, a sua saúde e o meio ambiente agradeçem!

Comida Emocional: http://comidaemocional.com/
Cantinho vegetariano: http://www.cantinhovegetariano.com.br/2011/12/receitas-para-o-natal-e-ano-novo.html
Sétimo dia: http://setimodia.wordpress.com/2011/12/14/receitas-para-ceia-de-natal-vegetariana/
Sítio Veg:http://www.vegetarianismo.com.br/sitio/index.php?option=com_content&task=category&sectionid=13&id=16&Itemid=38
Uol Estilo: http://estilo.uol.com.br/ultnot/2008/12/15/ult3617u7208.jhtm

Natal para Celebrar a Vida e a Compaixão

Natal para celebrar a vida e a compaixão

Natal… amor, família, encontros, felicidade.

Porque celebrar tudo isso com a morte e a dor de outros seres!?
Existem tantos outros alimentos deliciosos com os quais a natureza nos brindou!
Nós, seres humanos, não precisamos mais nos alimentar de animais para termos saúde. Portanto o que nos dá o direito de continuarmos a fazer isso?
Hábito? Prazer?? Pressão social???
Nenhuma das alternativas justificam o mal que é feito contra os animais que morrem para ir para a nossa mesa!

Uma das melhores palestras que eu já vi!

Animais pensam? Quem come carne acha que não

Psicólogo australiano sugere que alinhamos nossa moral aos hábitos alimentares

Na selva, um leão abate sua presa sem hesitar. Mas, para muitos humanos, imaginar que animais sentem dor, prazer ou medo é suficiente para abrir mão de saborear carne. Uma pesquisa divulgada pelo Personality and Social Psychology Bulletin mostra que a maioria das pessoas que come carne reluta em acreditar que os animais tenham habilidades mentais capaz de fazê-los pensar e sofrer antes da morte.
“A negação parece uma tentativa de se justificar moralmente”, diz o psicólogo Brock Bastian, da Universidade de Queensland, na Austrália. O pesquisador e seus colegas questionaram os participantes se queriam comer fatias de carne ou de maçã depois que fizessem uma tarefa. Em seguida, pediu que descrevessem, em um texto breve, como imaginavam o ciclo de vida completo de um animal abatido e como avaliavam as faculdades mentais de um bovino. Os voluntários que escolheram comer carne depois do teste tinham ideias mais “conservadoras” sobre a mente dos animais. A maioria negou que pudessem pensar e ter sentimentos.
“A empatia, que é a capacidade de reconhecer e até mesmo experimentar as emoções dos outros, nem sempre é útil. Pessoas que vivem em sociedades que se alimentam de carne recorrem à negação para alinhar sua moral às tradições e comer sem culpa”, diz Bastian.

Fonte: http://www2.uol.com.br/vivermente/noticias/animais_pensam__quem_come_carne_acha_que_nao.html

Câncer = Alto consumo de carnes, leite e derivados: Forks Over Knives

O filme/documentário Forks Over Knives mostra como a escolha dos alimentos pode evitar o aparecimento de câncer, e mostra porque os casos de câncer aumentam a cada ano junto com o aumento do consumo de alimentos de origem animal, como carnes de todos os tipos, leite e derivados, e ovos.

O filme discute alguns mitos sobre a dieta humana, como ”precisamos de carne para obter proteínas”, ”precisamos de leite  para manter os ossos fortes”. Interessante que os profissonais da saúde recomendam 3 porções de laticínios para prevenir a osteoporose, mas são nos países em que se consome menos laticínios que os casos de orteoporose são raros.  Será que ninguem sabia disso ou esses mitos sâo reforçados para que seja mantido o atual status quo?

Assista ao filme e tire suas próprias conclusões: http://www.forksoverknives.com/

Como ser vegano na terra do churrasco

Veganismo pode ser considerado uma filosofia de vida: seus adeptos não consomem produtos que tenham origem animal

Reportagen de Loraine Luz, Donna ZH

 :: A decisão de abrir mão de todo tipo de carne não vem sozinha. Em nome da coerência, outros questionamentos batem na portinha da consciência, uma hora ou outra. Entre vegetarianos, muita gente usa a bicicleta como meio de transporte.

 :: O mesmo vale para outros problemas entendidos como grupais cuja culpa não tem uma cara ou um único endereço, é de todos: além da poluição e do maltrato de animais, o destino do lixo também é um desafio com o qual os vegan se sentem comprometidos. Faz sentido não causar dor aos animais mas maltratar o ambiente? Não!

 Leia mais em:

 http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Segundo%20Caderno&newsID=a3336168.htm

 

Sinta-se bem e viva mais: Telômeros e stress

O controle do stress diário é a chave para uma vida mais feliz e saudável.

Pergunte-se todos os dias: Como posso me fazer feliz hoje?

Pequenas coisas como perceber a cama macia, a água morna do chuveiro e saborear aquele seu prato favorito bem devagarinho são coisas que muitas pessoas deixam passar batido. Mas estas são coisas que podem melhorar e muito a sua qualidade de vida, assim como a maneira como percebes a vida. Uma vida mais feliz significa uma vida com menos stress!

 Pessoas com baixos níveis de stress parecem mais jovens do aparentam e vivem uma vida mais longa e saudável! Em um estudo com 913 pares de gêmeos, pesquisadores dinamarqueses descobriram que os gêmeos que pareciam mais jovens do que realmente eram tinham melhor saúde e expectativa de vida mais longa do que seus irmãos que aparentavam ser mais velhos.

Qual a razão para esta diferença?

As pessoas que parecia mais jovem tinham telômeros mais longos!

Em poucas palavras, quanto mais curtos os seus telômeros (proteção presente nas extremidades dos cromossomos), mais rápido ocorre o envelheimento!  As células com telômeros mais curtos começam a envelhecer e ficam mais vagarosas, e o eventual dano dos  telômeros faz as pessoas envelhecerem mais rapidamente, tornando-os mais vulneráveis a doenças relacionadas com a idade.

 O que encurta os telômeros é principalmente o stress, cigarro, bebidas alcólicas, alimentos refinados e processados, poluicão e vida sedentária.

Felizmente, existem muitas maneiras de manter o comprimento dos seus telômeros.
Uma delas é ativando a telomerase, que é uma enzima encontrada em todas as células e está envolvida na regeneração dos telômeros.

Um estudo recente da Universidade da Califórnia analisou pessoas em um retiro espiritual e descobriram que após três meses fazendo meditação, estas pessoas tiveram um aumento de 33% na atividade da telomerase dos glóbulos brancos em comparação pessoas que não  meditaram. Isso aconteceu devido ao bem estar e relaxamento proporcionado pelas sessões de meditacão.

Outra maneira de aumentar a atividade da telomerase é ingerindo ômega-3. Um estudo publicado no Journal of American Medical Association acompanhou cerca de 600 pessoas ao longo de cinco anos, descobrindo que a suplementação diária de ômega-3 aumentou significativamente a atividade da telomerase.

As melhores fontes para a suplementação com ômega-3 são linhaça (moída para melhor absorção), o óleo de linhaça, soja, nozes, feijões, e folhas escuras. O óleo de peixe também é rico em ômega-3 mas também vem contaminado com poluentes orgânicos e metais pesados, por isso devem ser evitados. O ideal é ingerir em torno de 3 gramas de ômega-3 todos os dias, o que está presente em apenas uma colher de sopa de linhaça moída na hora!

O hábito de comer bastante vegetais crus e frescos, frutas e cereis integrais, assim como exercícios leves diários (como caminhadas) também mantém a telomerase ativa. Outro complemento para aboa saúde e manutencão da juventude é suplementar com um bom multivitamínico.

As vitaminas B12, C, E e D também aumentam a vida útil das células, evitando o encurtamento dos telômeros. Estas vitaminas são antioxidantes poderosos!

 Aqui está uma lista de boas fontes destas vitaminas:

Vitamina B12:• Ovos • Laticínios • Leite de soja fortificado • Suplemento com viaminas do complexo B

OBS: As principais fontes de vitamina B12 são alimentos de origem animal. Mas pessoas não vegetarianas ou vegans, podem ter deficiência desta vitamina (e outras do complexo B) devido a má absorcão. Vitaminas do complexo B são melhor absorvidas se ingeridas juntas, por isso não compre suplementos contendo apenas vit. B12 e sim contendo todod o complexo B.

 Vitamina C: • Acerola • Açaí • Abacaxi • Brócolis • Kiwi • Morango • Laranja • Grapefruit • Mango   • Pápricas • Framboesas • Vegerais verdes escuros e frutas cítricas em geral

Vitamina E: • Abacate • Nozes • Espinafre • Brócolis • Amêndoas • Amendoim

Vitamina D: Para obter vitamina D tome sol por 15 minutos por da dia. Em caso de países onde o inverno é rigoroso a suplementacão é necessária.

Referências:

1. Jacobs, Tonya L. , Epel, Elissa S., Lin, Jue, Blackburn, Elizabeth H., et al, “Intensive meditation training, immune cell telomerase activity, and psychological mediators,” Psychoneuroendocrinology 2010

2. Xu, et al. “Multivitamin use and telomere length in women,” Am. J. Clin. Nutr. (March 11, 2009)

3. Richards, J Brent, et al, “Higher serum vitamin D concentrations are associated with longer leukocyte telomere length in women,” Journal of Clinical Nutrition Nov. 2007; Vol. 86, No. 5, 1420-1425

4. Patrick Holford. New Optimun Nutrition Bible. Ed Piatkus, 2005.

15 Dicas Para Desintoxicar Depois das Festas

 

1. Suco detoxificante, comece o dia com ele. Em uma caneca com água quente esprema ¼ de fatia de limão, e gengibre esmagado ou ralado a gosto. Beba antes do café da manhã.

 2. Beba água – Se o corpo não está devidamente hidratado, os rins dão trabalho extra para o fígado e outros órgãos, o que compromete o processo de purificação do sangue. Beba pelo menos 1,5 litros de água pura ou filtrada diariamente para melhorar a sua saúde. Mantendo-se hidratado resulta na melhora da pele, estimula a digestão, alivia dores, melhora o metabolismo, e renova sua vitalidade e energia.

 3. Almoço ou janta à base de frutas e verduras. Comer um pequeno almoço, como salada de frutas e folhas verdes; palitos de cenoura, pepino e outros vegetais com houmus ou guacamole; ou um smootie feito na hora com granola sem açúcar.

 4. Evite chá preto, café e álcool. Substitua por chá de ervas, como a urtiga para tonificar os rins, ou suco de limão. Sumos frescos, tais como cenoura, beterraba, maçã e pepino também são fantásticos para nutrição e limpeza do organizmo. Estes sumos devem ser bebidos frescos diariamente – de preferência com o estômago vazio para o máximo benefício.

 5. Reduza o consumo de produtos de origem animal. Evite produtos lácteos, estes produzem muito muco no organismo. Substituir por leites e queijos vegetais. Evite embutidos e carnes gordas, ubstitua por lentilhas, feijão, tempeh (tofu fermentado), quinoa, amaranto, sementes e castanhas, que são proteínas de boa qualidade.

 6. Evite todos os alimentos processados, esses que vêm em pacote, por exemplo refeições prontas, salgadinhos e biscoitos. Coma alimentos no seu estado natural (não transformados) e cozinhe os alimentos no vapor, fervura ou levemente salteados ao invés de fritar.

 7. Escolha alimentos orgânicos aos alimentos não-orgânicos para minimizar o consumo de pesticidas tóxicos.

 8. Evite bebidas alcólicas. Estas sobrecarregam o fígado fazendo com que todas as toxinas adquiridas da comida e do ambiente fiquem mais tempo causando danos no seu corpo.

 9. Elimine parasitas intestinais. Os sintomas da infestação parasitária incluem dor abdominal, constipação, anemia, fadiga, problemas digestivos, tonturas e dores nas articulações, para citar alguns. Para eliminá-los coma semente de abobora, alho cru, sementes de erva doce ou hortelã.

 10. Evite trigo (por exemplo, pão, massas, bolos e biscoitos). Muitas pessoas tem alergia a este alimento e não sabem. Substitua por arroz integral, macarrão de trigo sarraceno, quinoa, pão de centeio e bolos de aveia.

 11. Elimine o stress. O estresse faz o corpo liberar os hormônios do estresse na corrente sanguínea, que são impencilios à boa saúde. Grandes quantidades desses hormônios pode criar toxinas no organismo e podem retardar a ação das enzimas no fígado. Tente oração, meditação, yoga, tai chi, musicas relaxantes…

12. Coma pelo menos cinco porções de frutas e vegetais por dia. Para almoço e jantar, encher  pelo menos 50% do seu prato com legumes e comer tanta variedade de cores quanto  possível, com o objetivo de cobrir todo o espectro do arco-íris.

13. Coma snacks. Comer entre as refeições evita a gangorra metabólica que deixa você cansada, irritada e ainda faz seu corpo reter mais gorduras na refeição seguinte. Escolha alimentos frescos ou secos, como frutas, barra de cereais, palitos de vegetais, meio abacate, sementes misturadas.

14. Coma fibras – alimentos que são ricos em fibras agem como solventes naturais e desintoxicantes. Estes também  reduzem a taxa na qual o corpo absorve açúcar, mantendo os níveis de açúcar no sangue estáveis. Profissionais de saúde recomendam o consumo de 20-30 gramas de fibra por dia para uma boa saúde. Boas fontes de fibras são grãos integrais, cultivados orgânicamente e frutas, verduras frescas. Assim como nozes e castanhas.

15. Melhore seu estilo de vida. Incorpore no seu estilo de vida boas noites de sono, aulas de yoga, desfrutar de uma massagem ou sauna,  usar na pele e cabelos produtos orgânicos.

 Lembre-se que a desintoxicação serve para eliminar impurezas do corpo permitindo a saúde e o bem estar, mas nada impede que os habitos adquiridos durante o processo de desintoxicação sejam mantidos.

 

Natal vegetariano?? Por que não?!

Natal: época de amor e compaixão

Observe o presépio: vacas, cabritos, cordeirinhos — todos observando o Menino Jesus. Os Evangelhos dizem que os animais ajudaram a aquecer o recém-nascido na noite fria de seu nascimento..
Agora pense na maneira como os Reis Magos celebraram a chegada do Deus Menino. Seus presentes foram ouro, incenso e mirra. Em nenhum momento, os magos, José ou Maria sugeriram assar um peru ou um pernil para comemorar… Bem pelo contrario está escrito que, naquela noite, Maria e José tinham em sua ceia apenas leite tirado da vaquinha que ali estava, algumas nozes e pão.

O Natal deveria ser um momento para incluir em nossas vidas o principal mandamento de Jesus — “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei!”. Mas, em vez disso, nos acotovelamos nos shoppings, nos estressamos no trânsito, estouramos os limites do cartão de crédito… O Natal deixou de ser a celebração da pureza e transformou-se no enaltecimento do consumo.

E nada está mais distante do mais puro e cristalino sentimento de bondade do que os cardápios natalinos. As pessoas se esquecem de que os primeiros a acolher Jesus foram justamente os animais, e compactuan com amatança desenfreada que ocorre nesta época do ano.  As pessoas desejam “paz” em suas mensagens natalinas, mas enchem suas mesas com os cadáveres de criaturas inocentes. Ignoram os imensos danos que a indústria da carne acarreta ao meio ambiente e permanecem surdas ao argumento de que a carne em suas mesas significa a fome de milhões de pessoas (cerca de 50% do total de grãos produzidos no mundo são usados para alimentar animais de corte). Ironicamente, pedem “saúde” no Novo Ano, enquanto se esbaldam em gordura animal. Aos poucos, esta entupirá suas veias e artérias, detonará seus fígado e afetará profundamente o equilíbrio de seus corpos e mentes.

Que este ano seja um Natal diferente!! Um Natal de paz e compaixão, de amor e generosidade, extensivos a todos os seres. Um Natal vegetariano, que pode ser lindo e farto, como bem merece a celebração do aniversário do Rei dos Reis, isento de morte. Um Natal cheio de comidas vivas e cheirosas, suculentas e suaves, deliciosas e boas para o seu corpo, mente e alma! 

Adaptado do texto de Silvia Lakatos, jornalista

  

  

Ceia de Natal Vegetariana !!!

 

Salpicão de Legumes com Uvas Passas


Ingredientes
100 g de maçã cortada em cubinhos
10 g de suco de limão
100 g de cenoura cortada em cubinhos
50 g de repolho cortado bem fininho
70 g de pimentão vermelho cortado em tirinhas
1 talo de salsão cortadas bem fininha
50 g de ervilha escorrida
25 g de uva passa
sal a gosto

Ingredientes para o Molho
1 colher de sopa de maionese light
1 colher de sopa de molho inglês
1 colher de sopa de mostarda
2 colheres de sopa de iogurte desnatado
sal a gosto

Modo de Preparar
Coloque a maçã numa tigela, regue com suco de limão e reserve. Escalde, separadamente, em água salgada fervente, a cenoura, o repolho, os pimentões e o salsão. Coloque os legumes escaldados numa travessa, junte a maçã escorrida, a ervilha e a uva passa. Misture bem. Junte os ingredientes do molho, mexa bem e despeje-os sobre os legumes. Misture novamente e leve à geladeira por 10 a 15 minutos antes de servir.

 

Quibe sem carne


Ingredientes

1 e 1/2 xícara de trigo pra quibe
1/2 xícara de azeite
250 gramas de ricota
200 gramas de castanha de caju triturada
1 cebola picada
4 dentes de alho amassados
3 colheres (sopa) bem cheias de requeijão light
1 caldo de carne
pimenta cumari picadinha a gosto
hortelã picada a gosto
sal

MODO DE PREPARO
Coloque o trigo em uma vasilha e acrescente 2 xícaras de água fervente, o caldo de carne e tampe por uns 10 a 15 minutos para que este cozinhe.
Numa panela, coloque o azeite e doure o alho e a cebola. Acrescente a pimenta cumari picadinha. Junte o trigo e misture bem. Desligue o fogo. Acrescente a ricota esfarelada, a castanha e a hortelã. Misture tudo muito bem e acerte o sal.
Coloque metade da massa em um pirex. Espalhe o requeijão e coloque a outra metade da massa.
Leve ao forno até dourar.

Bacalhau Vegetariano


Ingredientes

1/2 kg de batatas
200g de repolho
300g de soja em cubos
1 pimento médio
2 cebolas médias
coentros q.b
200ml de natas de soja
200ml de leite de coco
1/2 copo de leite de soja
100g de azeitonas pretas
sal q.b
azeite q.b

Preparação

Lave bem as batatas e coza-as inteiras, com pele. Depois descasque-as e corte-as em rodelas grossas.
Corte o repolho em pedaços grandes e coza-o no vapor, com sal ou em pouca água.
À parte, ponha a soja de molho e tempera-a a seu gosto.
Corte as cebolas em rodelas e o pimento às tiras finas e pique as azeitonas e os coentros. Em seguida, numa forma de ir ao forno, disponha uma camada de batatas, outra de repolho, a seguir uma de soja e uma de temperos e assim sucessivamente, terminando com uma camada de batatas.
Por último, misture o leite de coco, o leite de soja e as natas e deite sobre o conjunto. Regue com um fio de azeite e leve ao forno para gratinar.
Sirva quente.

Estas receitas foram retiradas do site abaixo, e lá podem ser encontradas mais receitas natalinas!
http://danfiartes.blogspot.com/2010/12/ceia-de-natal-vegetariana.html

 

« Older entries