Veja o que acontece quando reduzimos o consumo de alimentos de origem animal!

Anúncios

Natal para Celebrar a Vida e a Compaixão

Natal para celebrar a vida e a compaixão

Natal… amor, família, encontros, felicidade.

Porque celebrar tudo isso com a morte e a dor de outros seres!?
Existem tantos outros alimentos deliciosos com os quais a natureza nos brindou!
Nós, seres humanos, não precisamos mais nos alimentar de animais para termos saúde. Portanto o que nos dá o direito de continuarmos a fazer isso?
Hábito? Prazer?? Pressão social???
Nenhuma das alternativas justificam o mal que é feito contra os animais que morrem para ir para a nossa mesa!

Uma das melhores palestras que eu já vi!

Animais pensam? Quem come carne acha que não

Psicólogo australiano sugere que alinhamos nossa moral aos hábitos alimentares

Na selva, um leão abate sua presa sem hesitar. Mas, para muitos humanos, imaginar que animais sentem dor, prazer ou medo é suficiente para abrir mão de saborear carne. Uma pesquisa divulgada pelo Personality and Social Psychology Bulletin mostra que a maioria das pessoas que come carne reluta em acreditar que os animais tenham habilidades mentais capaz de fazê-los pensar e sofrer antes da morte.
“A negação parece uma tentativa de se justificar moralmente”, diz o psicólogo Brock Bastian, da Universidade de Queensland, na Austrália. O pesquisador e seus colegas questionaram os participantes se queriam comer fatias de carne ou de maçã depois que fizessem uma tarefa. Em seguida, pediu que descrevessem, em um texto breve, como imaginavam o ciclo de vida completo de um animal abatido e como avaliavam as faculdades mentais de um bovino. Os voluntários que escolheram comer carne depois do teste tinham ideias mais “conservadoras” sobre a mente dos animais. A maioria negou que pudessem pensar e ter sentimentos.
“A empatia, que é a capacidade de reconhecer e até mesmo experimentar as emoções dos outros, nem sempre é útil. Pessoas que vivem em sociedades que se alimentam de carne recorrem à negação para alinhar sua moral às tradições e comer sem culpa”, diz Bastian.

Fonte: http://www2.uol.com.br/vivermente/noticias/animais_pensam__quem_come_carne_acha_que_nao.html

Adote um Amigo

Fotos de cachorros adotados no Brasil (Antes e depois), embora não haja uma estatística oficial, o número de animais deve ultrapassar 300 mil simplesmente “jogados fora” e abandonados à própria sorte.  85% (oitenta e cinco por cento) morrem nos primeiros 20 dias, a maioria por acidentes de trânsito. Impressionante não é a beleza que eles ficaram, mas sim a mudança do olhar de cada um deles!! O  amor que se dedica a um animal abandonado é retribuído com seu olhar de felicidade e gratidão eterna!! Adotar não é apenas um gesto de bondade, mas um sinal de respeito e amor pelos animais, pois animais comprados muitas vezes são fruto de cruza forçada, e onde as fêmeas são mantidas prenhas ou amamentando o tempo todo até ficarem velhas e serem eutanasiadas. E os filhotes retirados muitos cedo de suas mães para serem colocados em vitrines de pet shops.

 
 
 
 
 
 
        TODO ANIMAL TRATADO COM CARINHO E RESPEITO FICA SIMPLESMENTE LINDO!!!
Apoie a campanha de adoção!!!
Não compre, adote!!!
Não existe animal feio…
existe animal mal tratado!!!!

De Volta à Terra WWF

Vídeo emocionante e música linda do Ben Lee!

Como ser vegano na terra do churrasco

Veganismo pode ser considerado uma filosofia de vida: seus adeptos não consomem produtos que tenham origem animal

Reportagen de Loraine Luz, Donna ZH

 :: A decisão de abrir mão de todo tipo de carne não vem sozinha. Em nome da coerência, outros questionamentos batem na portinha da consciência, uma hora ou outra. Entre vegetarianos, muita gente usa a bicicleta como meio de transporte.

 :: O mesmo vale para outros problemas entendidos como grupais cuja culpa não tem uma cara ou um único endereço, é de todos: além da poluição e do maltrato de animais, o destino do lixo também é um desafio com o qual os vegan se sentem comprometidos. Faz sentido não causar dor aos animais mas maltratar o ambiente? Não!

 Leia mais em:

 http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Segundo%20Caderno&newsID=a3336168.htm

 

Natal vegetariano?? Por que não?!

Natal: época de amor e compaixão

Observe o presépio: vacas, cabritos, cordeirinhos — todos observando o Menino Jesus. Os Evangelhos dizem que os animais ajudaram a aquecer o recém-nascido na noite fria de seu nascimento..
Agora pense na maneira como os Reis Magos celebraram a chegada do Deus Menino. Seus presentes foram ouro, incenso e mirra. Em nenhum momento, os magos, José ou Maria sugeriram assar um peru ou um pernil para comemorar… Bem pelo contrario está escrito que, naquela noite, Maria e José tinham em sua ceia apenas leite tirado da vaquinha que ali estava, algumas nozes e pão.

O Natal deveria ser um momento para incluir em nossas vidas o principal mandamento de Jesus — “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei!”. Mas, em vez disso, nos acotovelamos nos shoppings, nos estressamos no trânsito, estouramos os limites do cartão de crédito… O Natal deixou de ser a celebração da pureza e transformou-se no enaltecimento do consumo.

E nada está mais distante do mais puro e cristalino sentimento de bondade do que os cardápios natalinos. As pessoas se esquecem de que os primeiros a acolher Jesus foram justamente os animais, e compactuan com amatança desenfreada que ocorre nesta época do ano.  As pessoas desejam “paz” em suas mensagens natalinas, mas enchem suas mesas com os cadáveres de criaturas inocentes. Ignoram os imensos danos que a indústria da carne acarreta ao meio ambiente e permanecem surdas ao argumento de que a carne em suas mesas significa a fome de milhões de pessoas (cerca de 50% do total de grãos produzidos no mundo são usados para alimentar animais de corte). Ironicamente, pedem “saúde” no Novo Ano, enquanto se esbaldam em gordura animal. Aos poucos, esta entupirá suas veias e artérias, detonará seus fígado e afetará profundamente o equilíbrio de seus corpos e mentes.

Que este ano seja um Natal diferente!! Um Natal de paz e compaixão, de amor e generosidade, extensivos a todos os seres. Um Natal vegetariano, que pode ser lindo e farto, como bem merece a celebração do aniversário do Rei dos Reis, isento de morte. Um Natal cheio de comidas vivas e cheirosas, suculentas e suaves, deliciosas e boas para o seu corpo, mente e alma! 

Adaptado do texto de Silvia Lakatos, jornalista

  

  

Ceia de Natal Vegetariana !!!

 

Salpicão de Legumes com Uvas Passas


Ingredientes
100 g de maçã cortada em cubinhos
10 g de suco de limão
100 g de cenoura cortada em cubinhos
50 g de repolho cortado bem fininho
70 g de pimentão vermelho cortado em tirinhas
1 talo de salsão cortadas bem fininha
50 g de ervilha escorrida
25 g de uva passa
sal a gosto

Ingredientes para o Molho
1 colher de sopa de maionese light
1 colher de sopa de molho inglês
1 colher de sopa de mostarda
2 colheres de sopa de iogurte desnatado
sal a gosto

Modo de Preparar
Coloque a maçã numa tigela, regue com suco de limão e reserve. Escalde, separadamente, em água salgada fervente, a cenoura, o repolho, os pimentões e o salsão. Coloque os legumes escaldados numa travessa, junte a maçã escorrida, a ervilha e a uva passa. Misture bem. Junte os ingredientes do molho, mexa bem e despeje-os sobre os legumes. Misture novamente e leve à geladeira por 10 a 15 minutos antes de servir.

 

Quibe sem carne


Ingredientes

1 e 1/2 xícara de trigo pra quibe
1/2 xícara de azeite
250 gramas de ricota
200 gramas de castanha de caju triturada
1 cebola picada
4 dentes de alho amassados
3 colheres (sopa) bem cheias de requeijão light
1 caldo de carne
pimenta cumari picadinha a gosto
hortelã picada a gosto
sal

MODO DE PREPARO
Coloque o trigo em uma vasilha e acrescente 2 xícaras de água fervente, o caldo de carne e tampe por uns 10 a 15 minutos para que este cozinhe.
Numa panela, coloque o azeite e doure o alho e a cebola. Acrescente a pimenta cumari picadinha. Junte o trigo e misture bem. Desligue o fogo. Acrescente a ricota esfarelada, a castanha e a hortelã. Misture tudo muito bem e acerte o sal.
Coloque metade da massa em um pirex. Espalhe o requeijão e coloque a outra metade da massa.
Leve ao forno até dourar.

Bacalhau Vegetariano


Ingredientes

1/2 kg de batatas
200g de repolho
300g de soja em cubos
1 pimento médio
2 cebolas médias
coentros q.b
200ml de natas de soja
200ml de leite de coco
1/2 copo de leite de soja
100g de azeitonas pretas
sal q.b
azeite q.b

Preparação

Lave bem as batatas e coza-as inteiras, com pele. Depois descasque-as e corte-as em rodelas grossas.
Corte o repolho em pedaços grandes e coza-o no vapor, com sal ou em pouca água.
À parte, ponha a soja de molho e tempera-a a seu gosto.
Corte as cebolas em rodelas e o pimento às tiras finas e pique as azeitonas e os coentros. Em seguida, numa forma de ir ao forno, disponha uma camada de batatas, outra de repolho, a seguir uma de soja e uma de temperos e assim sucessivamente, terminando com uma camada de batatas.
Por último, misture o leite de coco, o leite de soja e as natas e deite sobre o conjunto. Regue com um fio de azeite e leve ao forno para gratinar.
Sirva quente.

Estas receitas foram retiradas do site abaixo, e lá podem ser encontradas mais receitas natalinas!
http://danfiartes.blogspot.com/2010/12/ceia-de-natal-vegetariana.html

 

Paul MacCartney lançou o movimento Segunda-Feira Sem Carne

Beleza Tóxica – Cosméticos Cancerígenos

Recentes estudos mostram que cosméticos e artigos de higiene pessoal contém um perigoso cocktail de produtos potencialmente carcinógenos, mutagênicos e toxinas que podem alterar a função de hormônios, e até mesmo causar infertilidade.

Um cocktail diário de substâncias nocivas

Muitas rotinas de beleza incluem o uso de carcinogênicos, suspeitos de de serem carcinogênicos, perturbadores hormonais, alérgenos e outras substâncias prejudiciais. Eles estão em tudo, desde shampus à tintas de cabelo, de esmaltes de unhas a loções hidratantes. Simplesmente porque muitos produtos estão no mecado sem terem sido testados, e quando testes foram feitos as substâcias foram testadas separadamente, e não misturadas como quando são vendidas ao consumidor.

Todas as manhãs muitas mulheres tomam banho, se maquiam para mais um dia de trabalho. Poucas estão cientes de que estão entrando em contato com pelo menos 126 substâncias químicas presentes em cerca de 9 diferentes produtos. Uma dica de beleza: a ciência agora está nos dizendo que longe de conservarem a saúde e a beleza muitos cosméticos podem melhorar a aparência momentâneamente mas também estão causando mal à saúde. Corantes artificiais derivados de carvão mineral são encontrados em sombras, batons e blushes e estão relacionados com câncer e alergias. Bases em creme podem conter formaldeídos e sílica, e ambos são comprovadamente causadores de problemas de saúde. Parabenos, que são preservativos, estão presents em muitas loções hidratantes e desodorantes, apesar de causarem irritações na pele e olhos e mimetizarem o hormônio feminino (estrógeno). Ingredientes em tinturas de cabelo e perfumes podem causar câncer, alergias e asma.

No final das contas cosméticos estão passando a ser considerados como ricos em impuridades causadoras de problemas de saúde. A quantidade destes ingredientes tóxicos muitas vezes é muito pequena, mas dermatologistas estimaram que mulheres absorvem cerca de 2 kilos dos químicos de seus cosméticos por ano, e muitos destes acumulam nos tecidos do corpo. Hoje sabe-se que a pele não é uma barreira, mas sim um órgão que absorve estes produtos que entram imediatamente na corrante sanguínea. Se pensava antigamente que “está tudo bem colocar um pouquinho de substâncias carcinógenas em cosméticos desde que a dose seja menor do que a dose capaz de causar câncer”. Mas ninguén testou o efeito de vários produtos aplicados todos os dias um após o outro! Sendo assim, dependendo de quantos produtos utilizados por uma pessoa, as quantidades destas substâncias cancerígenas excede em muito as doses máximas recomendadas.

Recentemente foi comprovado que pequenas quantidades de certos químicos que entramos em contato diariamente através de cosméticos e outros (como alimentos, fumaça, produtos de limpeza) podem ativar e desativar genes, da mesma forma que os medicamentos. As quantidades muitas vezes não tem efeitos visíveis em pessoas adultas , mas podem afetar muito crianças e bebês, especialmente durante a gestação e amamentação; pois quase tudo o que a mãe entra em contato é passado para o leite, ou é passado através da placenta para o feto.

– Um crescente número de estudos relaciona os ingredientes contidos em cosméticos e produtos de limpeza com problemas de saúde como câncer e infertilidade.

– As revistas femininas, as quais lucram com as propagandas publicadas (inclusive de cosméticos!), não estão expondo este problema aos leitores, apesar da divulgação crescente deste assunto em outros meios de comunicação.

– Em um estudo publicado em 2003 no Public Health Reports, o jornal oficial do serviço de saúde pública dos EUA, descobriu-se que pessoas usuárias de tinturas permanentes de cabelo apresentam um aumento de 50% na probabilidade de desenvolver câncer de bexiga.

– O Acetato de Chumbo, principal ingredient de loções para o combate de cabelos grisalhos, geralmente usado por homens, é considerado carcinogênico e tóxico para os órgãos reprodutivos no estado da Califórnia (EUA), e foi banido pela União Européia em 2003.

– Os Alpha Hydroxy Acidos (AHAs) usados em cremes para rugas prometem uma pele mais jovem, mas estudos comprovaram que essa substância pode causar queimaduras com a exposicão solar e pelo contrário, pode causar envelhecimento precoce.

– O Greenpeace testou 36 perfumes e descobriu que praticamente todos continham ésters de phthalate e almíscar sintético, substâncias capazes de alterar a funcão de hormônios.

– Phthalatos são usados como plastificantes, dão flexibilidade à esmaltes de unhas e impedem que perfumes evaporem rapidamente. Estão contidos também em hidratantes, loções, etc. Esta substância é comprovadamente causadora de infertilidade e câncers de seio, ovários e testículos.

Fonte: FDA. International Association for Research on Cancer. Health Canada. Environmental Working Group Skin Deep Report. The European Union Cosmetics Directive. Paula Begoun, http://www.cosmeticscop.com. The Safe Shopper’s Bible by Samuel Epstein and David Steinman. Beauty to Die For by Judi Vance. Drop-Dead Gorgeous by Kim Erickson. The Less Toxic Guide by the Environmental Health Association of Nova Scotia.

Outros motivos para evitar substâncias químicas não encontradas na natureza

– Todos os anos milhões de animais são torturados para que sejam testadas as substâncias que nos causam diversas doenças graves, irônico não!? Os testes feitos não servem para avaliar os riscos mas são feitos mesmo assim; alguns testes são manipulados e outros testes não são nem mesmo realizados. Quando compramos um cosmético ou produto testado em animais estamos dando lucro à indústria responsável por isso.

–  Todas as substâncias que jogamos na água todos os dias contaminam a terra, os rios, lençóis d’água, o mar… E afetam outros animais, causando problemas sérios, mutações e mortalidades. Mas como tudo o que vai volta, essas mesmas substancias (resistentes à degradação) voltam na nossa água potável, por exemplo, e mais uma vez entramos em contato com elas.

Soluções para o problema

1) Uma das substâncias que mais causam problemas de saúde são os Phtalatos, justamente por  estarem  presentes um muitos produtos de uso diário. Esta substância pode levar o nome DEHP, Diethylhexil phthalate, Alcool Desnaturante (Alcool Denat.  ou DEP). De acordo com o SAC da NIVEA existem dois ésteres de phtalato que são muito usados para desnaturar  alcool, então se na fórmula do produto está ”alcool desnaturante” quase certo que há um éster de phtalato na fórmula. Essa substância deve ser evitada por ser comprovadamente uma desruptora hormonal;  possível causadora de câncers de ovários, testículos e seios; e infertilidade principalmente em homens, pois mimetiza o hormônio feminino (estrógeno).
Esta “maravilha” encontra-se em cremes hidratantes, perfumes, desodorantes, maquiagens, etc.

 2) Todas as substâncias produzidas pelo Homo sapiens causam danos à saúde, algumas mais outras menos. Comece a ler rótulos de tudo o que fores comprar, desde alimentos processados, produtos de limpeza, cosméticos, maquiagem, medicamentos… E evite as substâncias comprovadamente nocivas, e/ ou compre os produtos que contém menos aditivos.

3) Para saber quais substâncias que devem ser evitadas leia sobre o assunto. http://www.greenpeace.org/brasil/toxicos/noticias/subst-ncias-venenosas-est-o-es, http://jornadacontraocancer.blogspot.com/2009/05/substancias-toxicas.html, http://www.esquerda.net/index.php?option=com_content&task=view&id=11112&Itemid=67

4) Diminua ao máximo a quantidade de produtos cosméticos e de limpeza.  Use apenas os realmente necessários  e procure usar os menos tóxicos e com perfumes menos fortes. 

5) Saiba que a limpeza da casa pode ser feita apenas com bicarbonato de sódio, vinagre sem cheiro (branco), água oxigenada e outros produtos baratos, efetivos e não tóxicos!? http://www.ipemabrasil.org.br/receita.htm

6) Compre cosméticos alternativos, ou substitua-os por cosméticos caseiros. Sua avó e sua mãe certamente sabem muitas receitas.

7) Os cosméticos infantis costumam ter menos substâncias tóxicas e cancerígenas.

Karine Bresolin de Souza/Bióloga marinha e bioquímica/Doutoranda em ecotoxicologia

« Older entries